Sondagens e Estudos de Opinião

Início » Amostragem » * Grelha de amostragem

* Grelha de amostragem

*

A Grelha de Amostragem refere-se aos membros da População alvo que se conseguem identificar e que por essa razão podem, de facto, vir a ser seleccionados para a nossa amostra. Ou seja, a grelha de amostragem inclui os elementos da população que conseguimos identificar como tal. No caso de uma eleição, por exemplo, a grelha de amostragem ideal é o caderno eleitoral aprovado para essa eleição (nome do eleitor, idade, residência, sexo,…) . Num estudo realizado com alunos de uma escola, a grelha de amostragem ideal são as pautas de matrícula e inscrição desses alunos (nome do aluno, curso, ano, turma, …). No caso de um estudo sobre a religiosidade dos portugueses, a grelha de amostragem ideal seria a base de dados da conservatória de registo civil onde estão identificados todos os cidadãos portugueses (nome, idade, sexo, estado civil, residência, …). Num estudo sobre a qualidade das casas de uma freguesia a grelha de amostragem deveria conter a identificação de todas as casas dessa freguesia (nome da rua, número, piso, porta, etc.). Em síntese, a grelha de amostragem operacionaliza a definição da População que se pretende estudar identificando os sujeitos da população e fornecendo as informações que possibilitem que sejam contactados.

Possuir uma boa grelha de amostragem é, como se depreende, fundamental para a qualidade da nossa amostra e, por consequência, do nosso estudo. A situação ideal é possuirmos uma Grelha de Amostragem que:

  1. identifique todos os membros da nossa população e, simultaneamente,
  2. não inclua nenhum elemento estranho a essa população.

Nem sempre é possível ter acesso a um documento com estas características. É comum que se tenha que utilizar uma grelha de amostragem com incorrecções relacionadas com a inclusão de sujeitos que não fazem parte da nossa população e/ou com a exclusão de sujeitos que fazem parte da população. Quando isto acontece a qualidade dos resultados do nosso estudo fica afectada por um tipo de erro que se designa por Erro de Cobertura.

No caso de sondagens para eleições nacionais, e uma vez que não podemos aceder por razões legais aos cadernos eleitorais com os dados de identificação e contacto de todos os eleitores, é frequente que se utilize como grelha de amostragem, à falta de melhor alternativa, a lista telefónica nacional. Ora, como todos sabemos, nessa lista estão incluídos muitos números de telefone que não pertencem a eleitores (por exemplo, empresas, cidadãos estrangeiros, etc.), da mesma forma que há eleitores que não têm telefone e que, por essa razão, não estão identificados na lista telefónica. Esta característica tem como consequência que haja membros da nossa população (eleitores) que, por não estarem identificados na grelha de amostragem, não têm nenhuma probabilidade de serem seleccionados para a amostra (o que viola o princípio básico da amostragem probabilística de que todos os  membros da população devem ter a mesma probabilidade de serem seleccionados para amostra) e torna também possível que venham a ser seleccionados para a amostra sujeitos que, embora estejam identificados na grelha de amostragem, não fazem parte da nossa população e, como tal, não deviam ser seleccionados.

Ir para:


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Blog Stats

  • 384,462 hits
%d bloggers like this: